Coleta Seletiva de Lixo

Como devemos lidar com nossos Resíduos Domésticos/Comerciais?

Uma questão que levanta muita polêmica, mas que nos dias atuais, não pode ser deixada em segundo plano. Com o crescimento indiscriminado da população, chegamos a um ponto crítico dos níveis de lixo acumulados nas cidades, e consequentemente, despejados em locais mais afastados (transferência para outros municípios ou locais não preparados para depósito do mesmo). Primeiramente vamos a uma breve explicação de como, e, o que são esses resíduos que estão ocupando cada vez mais espaço dentro de nossa sociedade.

O que é Lixo?

Lixo é todo e qualquer material, proveniente das atividades humanas, que não serve mais e, por isso, é jogado fora.
O lixo é produzido tanto em aglomerações urbanas quanto em zonas rurais.
Tipos de lixo quanto ao lugar onde é gerado:
Domiciliar - originado da rotina diária das residências.
Comercial - originado das diversas atividades comerciais e de serviços.
Público - originado dos serviços de limpeza pública urbana.
Resíduos de serviços de saúde - somente os que contêm ou podem conter germes patogênicos - que causam doenças.
Industrial - originado das atividades dos diversos ramos da indústria. É aqui que se encontra a maior parte do lixo considerado tóxico.
Agrícola - originado das atividades agrícolas e da pecuária. Ex: agrotóxicos
Entulho - originado da construção civil. Em geral é material que pode ser reaproveitado.

O que é Coleta Seletiva?

A coleta seletiva consiste em remover do lixo as coisas que podem ser reaproveitadas e que tenham sido previamente separadas por quem gerou esse lixo, seja a indústria, o comércio ou as residências.

Os principais materiais recicláveis são:

Papel - Vidro - Plástico - Metal

Para o lixo mesmo só vão restos de comida e sobras que não servem para mais nada.
A separação desses materiais recicláveis facilita também o aproveitamento da matéria orgânica, que pode ser encaminhada a compostagem, gerando composto orgânico.

Como é que se faz Coleta Seletiva?

Cada um na sua casa pode separar vidros, latas, papel e papelão, sacos e embalagens plásticas de todos os tipos, conforme indicado
a baixo e se informar quando o caminhão da Coleta Seletiva passa no seu bairro. A prefeitura será responsável pelo recolhimento e destinação final dos resíduos.

Por que Separar estes Materiais?

Reduz o volume do lixo que tem de ser recolhido, economizando espaço nos aterros sanitários. Permite o reaproveitamento de todos os materiais que podem ser reusados ou reciclados.

Conheça alguns dos Benefícios da Coleta Seletiva:

- Para cada 1.000 Kilos de Papel reciclado evita-se o corte de 20 Árvores;
- Para cada 1.000 Kilos de Vidro reciclado deixa-se de extrair 1.300 Kilos de Areia;
- Para cada 1.000 Kilos de Plástico reciclado deixa-se de extrair mais de 1.000 Litros de Petróleo;
- Para cada 1.000 Kilos de Alumínio reciclado deixa-se de extrair 5.000 Kilos de Minério;
- Pilhas e baterias também devem ser separadas, pois quando descartadas no meio ambiente provocam contaminação do solo. Embora não possam ser reutilizados, estes materiais ganham um destino apropriado para não gerarem a poluição do meio ambiente;
- Os lixos hospitalares também merecem um tratamento especial, pois costumam estar infectados com grande quantidade de vírus e bactérias. Desta forma, são retirados dos hospitais de forma específica (com procedimentos seguros) e levados para a incineração em locais especiais;

A coleta seletiva de lixo é de extrema importância para a sociedade. Além de gerar renda para milhões de pessoas e economia para as empresas, também significa uma grande vantagem para o meio ambiente uma vez que diminui a poluição dos solos e rios. Com essa consciência reduziremos o impacto ambiental, para uma melhor qualidade de vida de todos nós.